LEMBRANDO DA COMPAIXÃO DE JESUS | World Challenge

LEMBRANDO DA COMPAIXÃO DE JESUS

David Wilkerson (1931-2011)February 8, 2019

É possível dizer: “Eu creio que Deus pode fazer o impossível” e ainda ser incapaz de aceitar os milagres do Senhor sobre nós, por causa de um coração duvidoso. No livro de Mateus, encontramos Jesus entrando num barco a fim de se retirar para “um lugar deserto” (14:13). Ele tinha acabado de receber a notícia de que João Batista tinha sido decapitado e ficou tão comovido que quis ficar sozinho para orar. Ainda assim, quando as multidões ouviram que Jesus estava partindo, “saíram das cidades e o seguiram a pé” (mesmo versículo).

Milhares de pessoas vieram de todas as direções, nas mais diversas condições físicas. Os enfermos foram carregados em macas ou empurrados até ele em carrinhos caseiros. Homens e mulheres cegos eram conduzidos pela multidão e os coxos mancavam com bengalas e muletas improvisadas. Todos tinham um objetivo primordial: aproximar-se de Jesus e receber um toque de cura!

E qual foi a resposta de Cristo para esta cena incrível? “Teve compaixão deles e curou os seus doentes” (Mateus 14:14). E, então, no fim daquele dia maravilhoso e depois de realizar todos aqueles milagres de cura, Jesus decidiu alimentar aquela enorme multidão (veja Mateus 14:16-21).

Mais tarde, no barco para Magdala, os discípulos estavam cansados do longo dia e começaram uma contenda, pois tinham apenas um pedaço de pão com eles (veja Marcos 8:14). Imagine! Pedro, Tiago, João e os outros preocupados com o pão, quando tinham acabado de sair da maior multiplicação de pães da história! Jesus ficou incrédulo e os reprovou: “Vocês ainda não entendem?” (Marcos 8:21).

Esta mensagem é para todos os que estão à beira da exaustão, sobrecarregados pela sua situação atual. Você tem sido um servo fiel alimentando outros, confiante de que Deus pode fazer o impossível para o seu povo, porém, abriga dúvidas persistentes sobre a sua vontade em intervir na sua batalha.

O Espírito Santo está te lembrando da compaixão de Jesus, da abundância de pães e peixes e de que ele não permitirá que nem um de vocês desanime.

Download PDF